CAFÉ: AMIGO OU INIMIGO?

A cafeína é um membro da classe molecular das “xantinas ", que também inclui teofilina(folhas de chá e cacau), teobromina(cacau) e paraxantina(metabólito da cafeína nos humanos).

O grão de café, que parece ter se originado no Iêmen, tem apenas cafeína. Foi descrito pela primeira vez por volta de 1450, época em que monges usavam o grão para fazer uma bebida para ajudar na vigília enquanto rezavam em seus mosteiros no Iêmen.

As folhas de chá contêm principalmente cafeína, mas também têm graus variados de teofilina e teobromina. O uso de chá como bebida é descrito já em 3000 a.C., e são encontradas em todo o leste da Ásia.

O grão de cacau contém principalmente teobromina, com um pouco de cafeína e praticamente nenhuma teofilina. Resíduo de cacau foi encontrado em uma panela maia que remonta a 600 a.C.1.

A cafeína, que é semelhante em estrutura à proteína adenosina, possui o efeito de inibir a ação dessa proteína que é uma das responsáveis pela indução do sono. A cafeína neutraliza a sonolência mediada pela adenosina que se acumula naturalmente ao longo do nosso dia.

Por outro lado, a cafeína produz ativação psicomotora controlando indiretamente a transmissão dopaminérgica estriatal, gerando prazer e bem-estar.

Depois de beber uma bebida que contém cafeína, leva de 30 minutos a 2 horas para atingir sua concentração máxima no sangue, em média.

Diversas substâncias interferem no efeito do café, necessitando de doses mais elevadas para o efeito sem o uso da substância. Dentre eles , encontra-se a fumaça do cigarros ou charutos de nicotina ou maconha e o estradiol , presente nos anticoncepcionais femininos .

Além disso, a cafeína pode elevar os níveis sanguíneos de alguns medicamentos que podem ter efeitos clínicos significativos. A cafeína pode aumentar os níveis séricos da clozapina[antipsicótico] e da varfarina [anticoagulante]. Pacientes que estão tomando clozapina podem ser difíceis de manter um nível sanguíneo estável, pois fumar cigarros diminuirá os níveis de clozapina e beber bebidas com cafeína aumentará os níveis de clozapina.

Referência: Nehlig A. Interindividual differences in caffeine metabolism and factors driving caffeine consumption. Pharmacol Rev. 2018;70:384-411.



10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo